Prova dos 800 metros promete ser equilibrada no GP Brasil de Atletismo

Publicidade
Compartilhe nossas matérias nas Redes Sociais

A prova dos 800 m masculina é uma das mais esperadas do Grande Prêmio Brasil de Atletismo, que será disputado no próximo domingo, no Estádio do Centro Nacional de Desenvolvimento de Atletismo, em Bragança Paulista. Competição de abertura do IAAF World Challenge 2019, a prova tem cinco atletas com tempos abaixo de 1:45.00 confirmados no Start List e terá início às 14h45.

Publicidade

A principal atração da prova é o etíope Mohammed Aman, campeão mundial de Moscou 2013, que tem 1:42.37 como recorde pessoal. Outros destaques da disputa são os quenianos Alfred Kipketer, campeão mundial sub-20 em 2014, e Cornelius Tuwei.

Dentre os brasileiros que participarão do torneio, o principal é Thiago do Rosário André, que foi finalista no Mundial de Londres em 2017 e que busca a qualificação para o Sul-Americano, Pan-Americano e Mundial.

“O Thiago focará nos 800 m, uma vez que será a primeira prova do dia. Ele tem treinado muito bem, entretanto, não acertou nas provas que fez no início da temporada. Para alcançar seus objetivos será necessário correr rápido, o que esperamos que aconteça no domingo”, analisou o treinador Ricardo D’Angelo.

Thiago também estará na disputa dos 1.500m, que exige uma preparação específica. “Ele correrá duas horas depois dos 800 m e ele está preparado para isso. Ele torce por uma prova mais tática. O atleta segue focado e treinando duro para alcançar seus objetivos na temporada.”, completou o técnico.

Thiago está inscrito também nos 1.500 m. “Ele correrá duas horas depois dos 800 m e ele está preparado para isso. Ele torce por uma prova mais tática. O atleta segue focado e treinando duro para alcançar seus objetivos na temporada.”

Nos 1.500 m, o atleta do Rio de Janeiro tem 3:35.28 como melhor marca registrada. A prova tem atletas de peso como os marroquinos Hicham Ouladha (3:35.52) e Younéss Essalhi (3:55.52) e o queniano Michael Kibet (3:36.33).

Já nos 3.000 m feminino, o destaque é a queniana Norah Jeruto, naturalizada pelo Kazaquistão. Em 2018, Jeruto correu a prova em 8:33.61, na Croácia. A prova conta também com a etíope Beyenu Degefa, campeã mundial sub-20 em Bydgoszcz, na Polônia, com 8:41.76.

A competição terá início às 13:30, com a Cerimônia de Abertura. A primeira prova será o lançamento do martelo masculino, prevista para às 14 horas. O encerramento está marcado para as 16:50, com a disputa dos 200 m masculino. Ao todo, serão 17 provas, incluindo duas de exibição para deficientes.

Fonte: gazetaesportiva.com